quarta-feira, 2 de março de 2016

Isto Não é Uma Crítica - Deadpool #5

Já vi muitos filmes da Marvel e já li muitos quadrinhos da mesma, mas de longe Deadpool é com certeza um dos melhores, se não o melhor, e o filme foi simplesmente sensacional. Ele conseguiu a proeza de entrar na minha lista de filmes favoritos nos primeiros quinze minutos de filme e vamos dizer... Isso não é nada fácil de se fazer.


Este post NÃO contém spoilers.

Deadpool conseguiu pegar um roteiro simples e o transformar em arte. Nesse filme conseguimos ter acesso a todo o necessário para um enredo incrível, humor, ação, romance e até mesmo um pouco de drama. Obviamente o filme é mais levado para o humor então não vá achando que está indo assistir um filme do Capitão América, mas se posso te dizer algo é que vale completamente o ingresso para assistir esse filme sensacional no cinema.
Esse é o tipo de filme que quando termina você quer voltar e assistir mais uma vez como se fosse criança e tivesse que assistir um desenho que gosta muito mil vezes.
O filme demorou onze anos para finalmente se tornar realidade e o fato de que os atores, diretores e todo o elenco e grupo são fãs que fizeram isso possível estava muito na cara porque foi exatamente por isso que deu tão certo. Trazer esse personagem para as telas já tendia a ser algo complicado, mas eles o fizeram com perfeição. A essência do personagem está ali e cada frase dita que monta sua personalidade ficou incrível.



Eu sou até suspeita em falar sobre esse filme já que sempre gostei mais dos malvados do que dos bonzinhos, tanto que meu super herói favorito é todo fodido, para dizer a palavra certa, nos quadrinhos e eu sou maluca por Guardiões da Galáxia e Esquadrão Suicida, mas é com toda a sinceridade do mundo que digo que esse filme foi fantástico.
Esperei muito para ver esse filme chegar a existência e devo dizer que ele superou minhas expectativas. É simples, tem um enredo para contar e ele é básico, mas isso foi contado de uma forma tão sensacional que é impossível parar e pensar em coisas ruins para dizer sobre. Foi aquela coisa de que ás vezes menos é mais porque com algo simples eles fizeram uma obra de arte do entretenimento. É o tipo de filme que se você está tendo um dia bem bosta é só ir assistir e pronto, seu humor fica maravilhoso e você se torna a pessoa mais feliz do mundo. E olha que é a pessoa que nasceu de mau humor que está falando isso para vocês.

Cinco borboletas - Eu realmente amei esse livro/filme/série!

Esse filme sem dúvida nenhuma merece a nota máxima do blog porque foi pura perfeição em tudo. Outra coisa que deve ser comentada é o fato de como a mocinha estava finalmente no lugar certo nesse filme. Geralmente a mocinha em perigo é o que mais vemos em filmes de heróis (Deadpool não é herói, vamos deixar isso claro aliás.) e isso é extremamente chato e um tanto machista. Agora olhem só, Vanessa é a namorada do Wade (Deadpool.) de antes de seus genes mutantes serem ativados e ele de fato se tornar o Deadpool e ela é sensacional. O relacionamento deles é incrível. São dois loucos que se entendem completamente e funcionam de um jeito sensacional.
Vanessa não é a mocinha em perigo, ela literalmente vai lá e sem saber lutar ou algo assim faz de tudo para sair sozinha e ainda defende o Wade ao invés de ficar gritando por ajuda. Vamos apenas dizer o quão incrível é poder ver uma personagem mulher namorada de "herói" que em momento nenhum é apenas a namorada do herói? A personagem dela ficou incrível e o jeito que uniram os dois foi muito divertido. Relationship goals esses dois viu.
Outro ponto extremamente positivo no filme é o Deadpool em si que foi incrivelmente bem construído. Além de que foi extremamente divertido vê-lo empurrando o traseiro contra a câmera naquela coisa tipica de se fazer com personagens femininas, de certa forma para mim isso foi uma piada com o fato de fazerem isso com elas e eu AMEI que fizeram isso com um personagem masculino. E principalmente com esse personagem que é quase uma crítica ao funcionamento da sociedade.


As referências no filme estão incríveis. Contam com piadinhas até sobre a linha temporal dos X-MEN que confundiu e ainda confunde tanta gente por ai. Teve piada com o próprio Ryan Reynolds que interpreta o protagonista e sua infelicidade na época em que protagonizou O Lanterna Verde. Teve diversos comentários relacionados a cultura pop e obviamente, a quebra maravilhosa da Quarta Parede que deixou tudo um tanto mais divertido.
Também quero falar sobre o início do filme em que supostamente os nomes dos principais envolvidos da produção do filme apareceriam, mas não, Deadpool já começou zoando tudo isso com frases incríveis. Teve até a piadinha de que um dos "estrelando no filme" era "Um vilão britânico." e isso me fez rir MUITO. E claro, amei o fato de que quando "Roteiristas" apareceu a frase a seguir foi "Esses sim são heróis de verdade." porque vamos combinar, é com o roteiro que se inicia o filme. Muitas vezes não damos valor aos roteiristas, mas sem eles literalmente não existiria filme nenhum. Eles de fato são os heróis de verdade. Deixando esse post livre de spoilers quero dizer que amei esse filme de todas as formas possíveis. Ele teve tudo o que um filme precisa para ser incrível. Roteiro incrível com humor, romance e MUITA ação muito bem coordenada, elenco maravilhoso, direção incrível. Sinceramente só consigo pensar em elogios para Deadpool e com certeza vou assistir mais algumas milhares de vezes e ainda assim rir das mesmas piadas e dos mesmos momentos. Um filme sensacional que DEVE ser assistido por todo mundo. Mas já foi avisando: Não leve seu filho menor de idade para assistir. Este não é um filme como Os Vingadores e afins. Eu, pessoalmente não achei que o filme teve nada demais, mas ele tem palavrões, tem sexo, tem piadas pesadinhas então se for assistir já sabe disso então não fique puto da vida depois. Para mim não teve nada demais, mas é sempre bom ressaltar que esse é um filme proibido para menores de dezoito lá fora e dezesseis por aqui. Não vai ser nada demais para um adulto, mas para uma criança com certeza vai ser bem estranho já que vão ver tudo isso e várias vezes não vão ser capazes de ligar o palavrão com a piada na inocência deles e isso pode gerar bastante confusão. Então não leve sua criança menor de idade para assistir esse filme, e se de fato levar, saiba que já está avisado.
Para finalizar eu só digo... Esse filme foi incrivelmente maravilhoso. Se é possível se apaixonar por um filme, eu fiz isso com esse do jeito mais maluco possível. Simplesmente incrível.


Um comentário:

  1. Mandou super bem :) Adorei sua resenha! O Filme foi produzido na época certa, onde as piadas e críticas vieram como uma luva. Como você diz, o persona criado por nosso querido e amado Rob Liefeld é "uma crítica ao funcionamento da sociedade" e a todos os esteriótipos dos filmes baseados em quadrinhos. Agora espero que a Fox tome o maior cuidado do mundo com a periodicidade dos filmes do Tagarela, precisam pensar sempre e fazer após um "ciclo" fechado de filmes de heróis, não antes, não depois.

    PS. Mande um abraço pra sua mãe, você e ela são super simpáticas!

    Ass. Garoto da Nobel :)

    ResponderExcluir