terça-feira, 10 de novembro de 2015

Série finalizada - My Mad Fat Diary.

Mais um pouquinho sobre séries aqui no blog, e acho que por aqui vocês não devem ter me visto falar muito sobre My Mad Fat Diary e isso porque essa nunca foi minha série favorita, mas com seu último episódio já exibido e assistido por mim achei uma ideia legal falar sobre ela por aqui.



 A série conta um pouquinho da vida de Rae Earl, uma adolescente fora do peso que precisa lidar com seus problemas pessoais, sendo a auto-descoberta, a pressão das pessoas, não gostar do seu próprio corpo, e problemas mentais sérios que a fizeram se auto mutilar e ficar em uma clínica psiquiátrica por algum tempo, e é bem ai que começa a série, com a protagonista tentando voltar a sua vida normal após sair da clínica.
Seu psiquiatra diz para ela escrever diários falando sobre sua vida e nós vemos sua vida em um formato diário. Com seus pensamentos mais profundos e ideias mais malucas, assim como momentos malucos de hormônios adolescentes.
Pode sim nunca ter sido uma das minhas favoritas, mas com o tempo até ganhou um espacinho no meu coração.
Uma das coisas que sempre me deixou meio para trás com essa série foi a protagonista, algumas vezes entendi sim o que ela passava e entedia sua dor, mas muitas vezes ela agia como uma babaca sem perceber que isso poderia machucar os outros. Muitas vezes ela se preocupou com sua dor e não notou que os outros também passavam por coisas ruins.
Sempre tive certa impressão de que ela achava que o mundo deveria girar ao seu redor e isso não era algo muito legal. Como se ela fosse a única que estava sofrendo por algum motivo.
Mas algo interessante da série é o fato de que depois de muitas recaídas ela se encontrou e sei que seguiu um caminho para viver a vida do jeito certo. Ser feliz.
Demorou, mas ela finalmente começou a amadurecer e se tornar a pessoa incrível que ela sempre pode ser, só estava com medo. Por muito tempo todos os outros personagens amadureceram e ela ficou para trás, mas isso de certa forma foi algo interessante na série: Acompanhar o amadurecimento da protagonista. Indico a série por isso, e também por muitas certas lições de vida que ela pode te mostrar ao longo dos episódios.
Uma das minhas personagens favoritas e um dos maiores motivos de ter acompanhado a série até o fim foi a Chloe (Melhor amiga da Rae.) que sempre foi uma amiga sensacional que mesmo do seu jeitinho estava sempre lá pela Rae, mesmo quando muitas vezes a Rae nem não estava lá por ela já que estava na sua fase de achar que o mundo era só ela.
Chloe foi uma personagem que teve um amadurecimento incrível, e vale a pena conhecer.

Três borboletas - Gostei, mas não foi meu favorito.

Uma série em momentos divertida, em momentos crítica social e em momentos apenas adolescentes tentando encontrar a si mesmos.
My Mad Fat Diary para mim é isso, uma série sobre encontrar a si mesmo e descobrir a importância das coisas.
Carregando uma mensagem muito boa e um elenco sensacional, MMFD merece uma chance. Ainda em dúvida? Assista o trailer e te vejo nos comentários do Banco de Séries




Nenhum comentário:

Postar um comentário