quarta-feira, 11 de março de 2015

Gostar do mesmo é diferente? Ou gostar do diferente é o mesmo?

Hey pessoas!
Escrevi esse texto faz algum tempo sobre a escolha das pessoas famosas (Ou não. Foi algo para todos que começou com a ideia de famosos amando ou sendo.) de amar ou de ser. É uma coisa aleatória que achei legal compartilhar com vocês aqui do blog. 
Um pouquinho da minha opinião sobre o mundo por aqui hoje *u*
----------------------------------------------------------------------------------------------------
 Antigamente os atores, cantores e etc faziam entrevistas assumindo ser gays, lésbicas e etc... Agora eles fazem entrevistas assumindo ser hétero e não sei classificar se isso é algo ruim ou bom. Pra mim não faz muito sentido de ambos os jeitos.
Para que você vai se preocupar com quem fulano come ou não come?
Olá humanos da terra, vamos crescer um pouquinho. O importante aqui é o talento. E isso também vale para pessoas negras ou brancas. Eu to pouco me fodendo para saber se fulano tem tantos anos, qual a cor da pele, se é hétero ou não, se você tem talento e faz um trabalho incrível, PARABÉNS. Continue assim! Ninguém precisa ficar forçando questões sobre sexualidade ou racismo, ou até mesmo bullying só pra ficar famosinho.
Você é bom no que faz? Então eu não ligo mesmo para suas escolhas pessoais, porque elas são PESSOAIS. Não afetam minha vida. Se você está feliz com isso então pra que vou ficar enchendo o saco da pessoa?
Só porque alguém que você conhece diz ser gay não quer dizer que você também tenha que ser, e a mesma coisa vale para um hétero. Só porque alguém que você conhece é hétero isso não significa que você tenha que ser um. É sua vida, não deles! Suas escolhas, SUA VIDA!
Faça algo que é importante pra você. Faça algo inteligente com o seu tempo e pare de se preocupar com as escolhas alheias.
Não faça nada por ódio ou para as pessoas sentirem pena de você. Todo mundo já passou por um monte de merda e se todos resolvem usar isso como modo de se tornar famosinho o universo só teria sub-celebridade (Nem todas as sub-celebridades são ruins, mas vocês entenderam o que quis dizer.) e nenhuma pessoa que vale a pena no mundo.
Use o que você aprendeu para mostrar as pessoas algo que valha a pena. Use sua força que te acompanhou por todas essas merdas para fazer algo importante ao invés de ficar reclamando da vida para todos sentirem pena de você.
Viva de verdade a sua vida. Pare de viver a vida dos outros.
Assim vai ser bem mais fácil ser feliz.
E sim, é minha opinião e eu tenho o direito de postá-la no meu facebook, no meu blog, no meu twitter e etc e é obvio que você que está lendo também tem todo o direito de postar a sua opinião na sua página. Mas exatamente isso, na sua página! Não fica entrando em páginas fãs de algo ou alguém só pra falar mal sobre porque isso é ser babaca. Bem babaca.
Todo temos opiniões divergentes e todas as opiniões devem ser respeitadas! Esse é o ponto. Se um hétero me tratar mal vai receber o mesmo de volta e se um gay me tratar mal a mesma coisa porque não importa quem fulano escolheu amar. Só me importa o respeito. Por si mesmo e pelos outros.
E mais uma coisa: Será que vocês podem ser menos insuportáveis com héteros apoiando gays e gays apoiando héteros? Só porque eu defendo um morango quando alguém diz que não gosta de morangos isso não quer dizer que eu sou um morango. Tchau.
----------------------------------------------------------------------------------------------------
Este foi o post de hoje, bem simples. Uma opinião pessoal minha que queria compartilhar. Espero que tenham gostado do post e até o próximo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário