terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Uma opinião sobre o tempo e A Teoria de Tudo.

Felicity Jones, Stephen Hawking e Eddie Redmayne.
Não existem palavras para descrever este filme e a história de vida de Stephen Hawking.
Já admirava seu trabalho e suas teorias faz muito tempo (Maluca por documentários e pesquisas aqui.), mas ver toda a sua história dessa forma mexeu completamente com o meu emocional e me fez encontrar na visão dele do mundo que a vida é muito mais do que nossos problemas. A vida são nossas ideias. São nossos sonhos. Nossos desejos. Nossos amores.
Se algo é para ser nosso, se desejamos isso com o nosso coração e nossa alma não importa os problemas que vivemos hoje porque se continuarmos acreditando e lutando tudo funcionará. Podemos até hoje não saber porque todos estamos aqui, mas no final A Teoria de Tudo não é apenas uma coisa como era previsto que poderia ser.
Com todas as pedras que encontrou no caminho este homem nunca desistiu e nunca deixou de amar a vida a vivendo intensamente mesmo quando todas as paredes estavam ruindo, e hoje tudo o que ele fez e tudo o que se tornou é motivo de orgulho não só para mim que nunca nem mesmo o conheci pessoalmente, mas deve ser o motivo de orgulho da humanidade.
Stephen Hawking não precisou fazer com que as pessoas tivessem pena de seu estado para conseguir o que tem. Ele é e sempre será um gênio que lutou pela vida e por suas ideias com todas as suas forças. Ele viveu, amou, aprendeu e mostrou sua opinião, suas teorias e suas ideias com clareza mostrando ser um homem sensacional.
Todos nós sofremos de formas diferentes e todos lidamos com nossas dores de formas diferentes e Stephen Hawking é a prova de que quando se tem uma mente gigante, uma ideia importante, a dor nunca irá importar mais do que isso.
Um homem que sempre teve problemas com o tempo conseguiu falar dele melhor do que ninguém.
Uma ideia, um pensamento diferente de todos os outros existentes nesse universo enorme... Ele foi o início de uma grande mudança e espero que um dia possa ter a honra de conhecê-lo pessoalmente e dizer que a forma como ele viveu sua vida me inspirou e me fez perceber que não há limites para os nossos pensamentos e ideias. Sua história de vida é extremamente inspiradora.
Para mim sua vida veio com um subtítulo avisando: Viva a vida intensamente, ame a vida porque não há limites. Você pode fazer o que quiser se lutar com corpo, alma, coração, mente e cada célula do seu corpo por isso.
Uma inspiração trazida agora de forma tão bela para o cinema. Existem apenas elogios para essa produção.
E obrigada Stephen Hawking, não apenas por compartilhar suas ideias com todos nós, mas por mostrar com sua história de vida e decisões que por pior que a vida pareça ser, sempre há esperança. Uma história que nunca vou esquecer, um homem que nunca vou esquecer e uma luta que sempre irá me inspirar a nunca desistir dos meus sonhos. Do meu trabalho.


 Por pior que a vida possa parecer sempre há algo que podemos fazer em que podemos obter sucesso. Enquanto houver vida, haverá esperança. - Stephen Hawking


Nada além de coisas boas a dizer sobre este filme. Inspirador.
A vida de Stephen Hawking é inspiradora. E o compromisso e o cuidado desde os roteiristas até com os atores com este filme é algo se falar sobre. Eddie Redmayne deu um show perdendo peso para o papel e até mesmo fazendo aulas de dança para poder controlar mais seu corpo e interpretar melhor Stephen Hawking. Oscar mais do que merecido.
Este é com certeza um filme que entrou para os meus favoritos e que vou indicar para todos os seres possíveis.
Emocionante, bonito e extremamente real. Stephen Hawking em um email inclusive disse que em certos momentos sentiu que estava assistindo a si mesmo vivendo tudo aquilo, e preciso concordar. Este filme foi executado com extrema perfeição e merece apenas elogios.
Uma história de vida incrível, um trabalho incrível, uma vida incrível que recebeu uma homenagem tão incrível quanto o homem retratado no enredo.
Me recuso até a dar nota a esse filme, porque ele não precisa disso. Ele só precisa estar lá, existir e mostrar a todos nós que sempre há esperança. Que a vida vale a pena ser vivida mesmo nos momentos mais difíceis.
Uma lição de vida.
Quem conhece Stephen Hawking vai amar, e quem não conhece também vai porque mesmo que você não concorde com certos ângulos de suas pesquisas e teorias a vida deste homem foi um show inspiração. É vivo. A coisa mais viva do mundo.
Uma vida... Viva. Se é que isso faz sentido. Simplesmente sensacional.

Não há mais nada a se dizer além de arrume um tempo para assistir, preste atenção. Sinta a magia da vida desse homem que de forma tão brilhante foi trazida a esse filme.
Uma grande inspiração com toda a certeza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário