sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

The Vampire Diaries #1 (06X13,The Day I Tried To Live)

Hey pessoas!
Como vocês bem sabem sou fã de The Vampire Diaries em seus altos e baixos, mas nunca fiz um post sobre a série aqui... E já estava na hora.
Vou seguir o estilo de post do Teen Wolf Evolução e tentar toda semana dar minha opinião sobre o episódio exibido do jeito mais sofrido possível. Vai ser uma review bem estranha e não sei por quanto tempo vou mantê-la, mas vamos lá!
----------------------------------------------------------------------------------------------------
Primeiramente vamos ao aviso de sempre com a ajuda da River...
AVISO ESPECIAL! Antes de qualquer coisa devo dizer que este post contém spoilers sobre o enredo da sexta temporada de The Vampire Diaries, e graves spoilers do episódio The Day I Tried To Live e provavelmente do conteúdo anterior trabalhado nesta temporada. Apenas avisando para que não tenha nenhum problema depois.

Agora que já avisei click em "Mais informações" se desejar ler esta postagem por completo.

Episódio 13, sexta temporada: The Day I Tried To Live.

Depois do aviso de spoilers espero que quem continuou lendo saiba que está colocando sua vida em risco... Ou algo assim.
O anteriormente em The Vampire Diaries já estava me irritando, VAMOS PRO EPISÓDIO CAMBADA!
Enfim, começou.
Primeiro devo dizer que quando dei play no episódio a primeira imagem pausada que vi foi o Kai com o rosto próximo a mesa e já imaginei ele cheirando altos bagulhos e foi engraçado, enfim né.
E sobre a Bonnie, a desnecessária que nunca gostei, continuo não gostando dela, mas já estava meio que sofrendo com o fato de que ela era assim tão amiga deles e então pofht, quem liga? Bonnie tá presa, sozinha, num mundo que parece com o nosso mas na verdade é um universo onde o mesmo dia fica se repetindo para sempre... Vamos lá viver nossas vidas e esquecer de ajudá-la. Até eu que não gosto dela fiquei brava com o assunto, poxa gente, vamos salvar a amiguinha né.
Estavam forçando o relacionamento do Stefan com a Caroline desde o primeiro episódio dessa temporada e isso me deixou frustada e irritada. A amizade deles é tão linda, pra quê colocar florzinha no meio disso?
E agora que finalmente o Damon se dá mais ou menos bem com a Bonnie já tem gente viajando na maionese sobre os dois se pegarem. E não me venham falando que no livro eles ficam juntos, EU JÁ SEI DISSO, mas não ligo porque depois a Bonnie é uma desgraçada com o Damon e eu defendo esse bichinho até o infinito, não gosto que façam mal para o Damon. Defendo mesmo. Fim.
Nada de Bamon. Por favorzinho. Aceito a amizade, mas parem de tentar colocar florzinha onde não tem.
A primeira cena sofrida é da Bonnie fazendo as contas e percebendo que é seu aniversário. Apenas com o olhar dela sabemos que ela está diferente depois dos tempos sozinha e isso é meio preocupante já que sim, ela sempre foi meio babaca, mas depois desse tipo de coisa ela vai acabar ficando meio sofrida babaca e isso é igual a malvadinha. Não sei classificar isso como bom ou ruim.
Caroline ainda está sofrendo sobre sua mãe estar morrendo e eu estou sofrendo junto. Poxa pessoa, você é o único parente ainda vivo do pessoal nessa série, não morre. Fica com a gente =(
E Caroline malvada roubou o ursinho da Bonnie! E Caroline pirando sobre os assuntos e se focando em algo que não tem nada haver, o que é completamente normal afinal ela é a Caroline.
O mais engraçado foi o que veio a seguir. Na fusão de "gêmeos" entre Kai e Luke o sociopata mais amado e odiado do mundo acabou pegando um pouquinho dos sentimentos do Luke... Devo mesmo acreditar nisso? Depois de tudo o que ele fez ainda tenho minhas dúvidas sobre a sinceridade de suas palavras. Será mesmo que ele está sentindo algo agora que absorveu o Luke? Não sei.
E de certa forma não queria que isso acontecesse. Kai é um maluco psicopata e eu gosto disso no personagem, dessa forma ele serve perfeitamente ao seu propósito. Não sei se aprovaria essa mudança, mas falo mais sobre isso daqui a pouco.
Também fiquei bravinha com o Kai interrompendo Elena e Damon se deliciando em cupcakes... Ai, ai, ai... Alguém mais notou o fato de que a Elena não pegou em nenhum cupcake mas mesmo assim depois que o Damon limpou a boca dela ela do nada resolveu lamber o próprio dedo? Hm... Nem vou falar mais nada sobre. Não tem necessidade para os bons entendedores.
A voz do Enzo me seduz e é meio triste o fato de esse sotaque não ser real do ator, mas fazer o que né, os brilhos de uma série. Ainda me seduz, mas essa atitude recente dele tá confusa.
No início super apoiei o Enzo defendendo o Damon e como nunca gostei do Stefan estava mais do que feliz com uma vida de miséria prometida a ele, mas agora que o Damon voltou o Enzo nem ligou muito... E ele continua com essa perturbação pro Stefan. É meio bobo o que estão fazendo com um personagem tão incrível, mas ainda dou total apoio ao discurso que ele fez alguns episódios antes sobre o Stefan ser um babaca, ou algo assim. Ele não o chamou assim eu acho, mas disse só para ter o gostinho de chamar o Stefan de babaca, enfim né.
Matt mais desnecessário impossível. Alguém por favor mata ele e leva o Tyler de brinde?! Agradeceria muito.
Chateada com você Enzo por matar a oportunidade de matar o Matt. E essa frase ficou estranha, mas ainda vale. E ainda vale o Enzo quase matando o Matt e depois voltando na maior tranquilidade, ai Deus, preciso de tratamento por achar isso tão legal. Sério, alguém tem um número de uma psiquiatra? 
E por favor alguém me dá um calmante para Damon e Elena manipulando o Kai? Eu nem me importo se o Kai estiver mentindo agora, apenas amo essa cena pelo resto da minha vida e quero ficar apertando o replay para ver a carinha deles. Preciso mesmo de um psiquiatra.
Tyler continua sendo uma Little Bitch inútil. Cadê o Klaus para por esse sem noção no lugar? Pelo amor, porque ele ainda está no elenco? Mata essa coisa!
Sobre Elena dizendo que o Silas era gostoso... Minha reação foi a mesma que a do Damon.
E Kai sorrindo não faz bem pra minha saúde. Deus amado, porque eu sempre gosto dos malvados? 
Revoltante. Não consigo gostar dos bonzinhos, eles sempre soam falsos para mim sabe? Todo bonzinho tem uma merda enterrada no passado e acaba que serem bonzinhos é algo para aliviar a culpa das merdas feitas nos natais passados. Não dá. Simplesmente não consigo gostar dos bonzinhos.
E os malvados... Eles são bem mais descarados e cheios de opinião. Como a pessoa pode não gostar deles? É quase um teste de sanidade. Acho que o único personagem bonzinho que eu gosto é o Stiles e isso porque temos várias coisas em comum. Isso também sem falar que ele como Nogtisune era minha total perda de sanidade. É sério gente, não to bem não.
The Vampire Diaries me trás vários problemas.
O episódio em si foi bem necessário para o plot funcionar bem. Kai agora como bruxo "funcional" tem suas limitações de sangue saindo pelo nariz e para um vilão o seu personagem nesse episódio não foi assim tão interessante. O Jeremy finalmente serviu para alguma coisa, o que é completamente um milagre e o Tyler continua inútil, mas já falei sobre. É só pra ter certeza de que vocês sabem disso.
Mas devemos analisar o fato de que a primeira vez em que o Kai tenta fazer alguma coisa boa e acaba sendo interrompido pela irmã dele tentando matá-lo é sacanagem. Como vocês querem que o cara seja legal se quando ele tenta recebe esse tipo de ação de volta? Não mereço. O Luke lutou para a irmã viver e ser feliz e ela, a idiota só sabe fazer o que idiotas fazem. Idiotar.
Nem do Luke eu gostava muito, mas da Liv nunca gostei no total. Coisinha mais nojentinha. Porém devo dizer que a forma como o Luke morreu para salvar a irmã foi sensacional e fez o crédito dele aumentar me fazendo quase gostar dele e querer ele de volta na série. Não teria problema se eles se unissem e o Luke ganhasse levando a idiota da Liv embora. E olha que eu tenho mó raiva do Luke pelo o que ele fez na temporada passada deixando o Damon preso do outro lado e me fazendo chorar pela terceira vez na minha vida com essa série. E a única vez em que chorei por causa de TVD até soluçar e ser obrigada a parar o episódio para limpar as lágrimas e enxergar alguma coisa na cena.
E só como nota de rodapé: Eu pulei de alegria (Literalmente.) na cadeira quando achei que o Kai ia matar a Liv  Pena que não deu certo. 
Mas essa cena me ajudou a pensar um pouco sobre a situação do Kai. É interessante essa coisa de que ele absorveu certas coisas do Luke e pouco-a-pouco ele está se tornando uma mistura dos dois e não apenas o sociopata/psicopata que sempre foi. Ainda gosto mais da versão maligna dele porque tinha seus propósitos com os personagens, mas está interessante ver isso. Foi uma coisa bem bolada. Espero que eles trabalhem bem com isso nos próximos episódios.
E depois desse episódio estou quase sofrendo com Stefan e Caroline, mas não estou afim de shippar mais coisas então vai pra lá pensamento maluco de shippar os dois ao mesmo tempo em que shippo Caroline e Klaus. Isso não é saudável.
O discurso da Bonnie quase me fez chorar, quase. Pela primeira vez gostei dela, por alguns segundos, mas gostei.
Este episódio foi com certeza até agora o melhor. Foi rápido, mas explicou as coisas do jeito certo. Obviamente não foi perfeito e teve momentos de tédio baseados em Tyler e Liv, mas em todo realmente curti o episódio e gostei dessa reaproximação de Delena. Sofro com esses dois. É muito amor 
E tudo bem que nunca fui muito fã do Jeremy, mas ele ir embora e o Tyler continuar nessa série é sacanagem do universo com a minha pessoa. A saída dele pelo menos teve um motivo decente e realmente foi bonito ver os Gilbert se apoiando e correndo atrás de serem felizes mesmo depois de toda a merda recém vivida.
E só para ninguém dizer que só falei mal do Tyler nesse post... Lá pro final do episódio o Tyler resolveu virar homenzinho, foi até legal. Parabéns cara, finalmente!
E Enzo, vem cá coisa linda. Vamos conversar. Senta aqui do meu ladinho, eu até faço um sotaque britânico se você quiser, mas sério, vamos conversar.
Se você é um vilão, ou quer mesmo ser um o primeiro passo é não contar para humanos burrinhos ou qualquer outra pessoa seu plano maligno meu amor! Faça-me o favor e seja mais inteligente. Você é melhor que isso querido.
Enfim né... O final desse episódio compensou qualquer merda que aconteceu durante. Com certeza absoluta foi o melhor dessa nova temporada. Todos os personagens estão amadurecendo, teve Damon e Elena na cama e ainda aquela fofura da Elena puxando o braço dele para dormir mais perto. Stefan cuidando da Caroline, Jeremy escolhendo um melhor caminho e a Bonnie chamando o Damon de gênio vendo a dica dele para ajudá-la a sair da prisão. Toda a sequencia final do episódio foi completamente e puramente amor. Final maravilhoso para todos os lados e ainda foi capaz de me deixar com vontade de continuar assistindo para ver o que pode ou não acontecer nos próximos.
Fazia tempo que a série não fazia um episódio tão bom assim.

Quatro borboletas Brilhantes - Opa, me gusta!

Este foi finalmente um episódio decente merecedor de uma ótima nota!
E só pra finalizar...

 Damon, i somehow always find my way back to you. It doesn’t matter if I have memories or not, it doesn’t matter if I’m a vampire or not. I don’t care what human me would’ve done, she’s not here, I am. If the past is a place without you and me together, then stop living in it.


MEU CORAÇÃO DELENA ESTÁ FELIZ. Tchau.
----------------------------------------------------------------------------------------------------
E esse foi o post lindinho de hoje! Foi muito divertido fazer essa "resenha estranha" do novo episódio de TVD... Quem sabe semana que vem tem mais? Vamos ver...Espero que tenham gostado do post, vejo vocês no próximo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário