segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Lucy. (Filme.)

Olá pessoas lindas deste universo gigante!
Quem me tem no facebook sabe que estava maluca pra assistir Lucy, mas acabei encontrando alguns probleminhas no caminho e atrasei minha lista de filmes, mas hoje cheguei aqui para abalar, haha
Vamos saber um pouquinho sobre Lucy e todos os meus comentários sobre.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------
Pôster em espanhol porque sim. Tchau.

Lucy é um filme escrito e dirigido pelo incrível Luc Besson (Que também dirigiu meu filme favorito, O Quinto Elemento.) e a conexão entre meu filme favorito e Lucy é bem visível mesmo sendo filmes bem diferentes. Além de ter Luc Besson como diretor e roteirista temos a incrível Scarlett Johansson como protagonista e também temos o nome gigante de Morgan Freeman. E antes de qualquer coisa preciso dizer: Scarlett Johansson é um camaleão. 
Essa mulher é incrível. Se você comparar cada trabalho dela você vai ver uma diferença incrível. Ela nunca parece a mesma em dois trabalhos e não foi diferente neste filme, ela está de parabéns. Atuou magnificamente bem.
Agora vamos falar do filme em si.

Vocês podem conhecer o nome "Lucy" de algumas pesquisas cientificas. Para quem acredita na Evolução do ser humano, portando acreditasse que Lucy foi a primeira humana. E é ai que começa a bagaça toda.
Lucy, nossa protagonista é uma garota festeira que não faz muita coisa importante da vida e namora um "roleiro" que logo no início do filme pede, na verdade obriga, Lucy a levar uma maleta a um homem, este homem esta envolvido com a exportação de um droga intitulada de CPH4, está droga seria levada no estômago de seres humanos, basicamente eles seriam as mulas que levariam a droga de um país ao outro.
Lucy entrega a maleta e acontece uma chacina. Inocente nesse bagunça toda ela é obrigada a se tornar uma das mulas que levará o CPH4 para outro país. Isso depois de muita confusão e após ela ver o que apenas dois grãos da droga faziam para um pessoa.
Ela recebe a droga em seu estômago sem perceber que isso acontece enquanto nós assistimos partes da palestra do personagem de Morgan Freeman falando sobre como usamos apenas 10% de nosso cérebro. Para quem não sabe dessa teoria que já foi provada ser falsa eu vou explicar da forma mais simples possível: há alguns anos atrás resolveram criar uma teoria (Nunca provada. Há várias pesquisas sobre, mas elas são sempre desmentidas cientificamente, então sobra pra ficção usar a pesquisa como fonte de novos enredos.) de que os humanos usam apenas 10% de seus cérebros, assim quem fosse capaz de usar mais do que essa porcentagem isso daria ao ser poderes surreais. Total controle do próprio corpo, controle do corpo e mente de outras pessoas e então controle da matéria em si, por ai vai, e o filme usou isso como base para sua criação.
Lucy está sendo mantida em cativeiro para que não tenha nenhum problema com o transporte da droga e um dos homens que cuidavam disso tenta abusar dela sexualmente, o que gera uma negação e então pura fúria do homem que chuta seu estômago diversas vezes. Nesse momento sem que os homens percebam a inocente Lucy se foi pois um dos pacotes do CPH4 em seu estômago foi aberto e seu corpo já estava entrando em contato com a droga que iria mudar tudo.
Daí para frente é só tiro, porrada e bomba pra ser bem sincera.
É completamente visível a mudança da personagem que toma postura e observa o local completamente em silêncio. Ela já não sentia mais dor física nenhuma e chegou a usar 20% de seu cérebro.
Para frente disso tudo ela começa a descobrir muito rapidamente como utilizar seus novos poderes e seu conhecimento para chegar a uma conclusão nada simples: a única coisa consistente em nosso mundo é o tempo. É isso o que nos faz existir.


A ideia do filme era pegar a Evolução dos humanos e o uso do cérebro e criar um bom enredo. E em todo eles realmente conseguiram isso, e ainda conseguiram surpreender bastante quem assistiu.
Não quero passar muitos spoilers para vocês do filme e por isso tentarei falar dele em geral.
Dependendo da forma como você ver esse filme ele pode ser uma merda completa, mas se você realmente pensar no assunto muita coisa nele fazem sentido. Sendo uma pessoa que não acredita na Evolução dos seres humanos vindo dos macacos consegui entender o ponto do filme, então estamos numa boa.
Lucy tem uma teoria incrível e foi muito bem feito em efeitos e enredo. O filme passa rápido demais até, mas o final te choca de um jeito tão sensacional que você não consegue por tudo o que pegou desse filme em palavras da forma certa.
Lucy é uma ficção científica incrível com pesquisas de assunto muito bem feitas e Scarlett Johansson simplesmente arrasou como protagonista.
O filme não é exatamente pura ação e sim na verdade um filme que vem com ação e uma ideia filosófica muito bem posta no decorrer do enredo.
A ideia da droga CPH4 foi inovadora e interessante e serviu bem ao propósito do filme.

Este filme não conseguiu nota máxima por falhas bem pequenas.
Seguindo pela lógica foi um filme incrível com um final sensacional e muito, muito, muito bem pensado.
Quatro borboletas Brilhantes - Opa, me gusta!
Mas é visível que algumas coisinhas faltaram.
Dou meus parabéns para o trabalho por completo e indico MUITO para que todos vocês assistam esse filme, é uma obra de arte, mas uma obra de arte que foi corrigida e essas correções deixaram falhas e ao invés de melhorar o que não precisava ser melhorado, estas correções tiraram um pouquinho a magia da situação.
Um ótimo filme que não me importaria em ver duas vezes, ou até mais. Lucy é um trabalho incrível de direção, roteiro e ótimos atores e com certeza merece sua atenção.
Um ótimo filme de ficção cientifica e ação. Muito bem feito e com uma mensagem bem interessante de se prestar atenção em.

 
---------------------------------------------------------------------------------------------------------
E é isso, esse foi o post de hoje! Espero que tenham gostado e vejo vocês no próximo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário