terça-feira, 8 de julho de 2014

O destino pode ser assustador, mas tem asas, olhos cinza e um cabelo legal. (Livro Fallen)

Oi estrelinhas!
Quem voltou mais rápido do que pensou que iria voltar?! Euzinha! Consegui lindamente um computador funcional para editar minhas lindezas de imagens, escrever e fazer milhares de posts novos!
E hoje o post vai ser sobre mais uma saga em que me aventurei faz algum tempo, Fallen!
Vou falar apenas do primeiro livro e tentar não dar spoilers para que vocês se aventurem nas páginas de Fallen para depois sair com um sorriso idiota no cinema provavelmente no ano que vem quando o filme sair. E ah, se apaixonarem pelo Daniel! Oh coisa mais linda <3
----------------------------------------------------------------------------------------------------
Este post contém trechos do livro, mas nada aqui realmente irá interferir em sua experiência com a saga ou passar grandes spoilers. Aproveite =)

A primeira foto é obviamente a capa do livro, e a segunda é um zoom básico no primeiro still divulgado da adaptação cinematográfica de Fallen! Aqui está o link da imagem inteira.
Além do meu amor por vampiros ser não-recém-descoberto no post sobre Vampire Academy, existe algo que sempre chama minha atenção: temas sobrenaturais. Mas não aqueles filmes e livros de terror que sempre acabam em merda e tem o EXATO MESMO FINAL, nop, aqueles temas sobrenaturais que pegam algo real e usam o sobrenatural como uma outra versão daquilo. Me digam, o quão incrível isso é? E Fallen escrito por Lauren Kate conseguiu fazer isso de forma ás vezes sutil, e ás vezes nem tanto, e isso me cativou.
Já havia lido alguns outros livros que mexessem com a história de anjos caídos, MAS, a grande questão é que nem todos me agradaram, por exemplo o aclamado Hush Hush que todos me falavam sobre que acabou não me surpreendendo tanto assim. (Post pra outro dia então não vou falar muito sobre.)

 SINOPSE: Algo parece estranhamente familiar em relação a Daniel Grigori. Solitário e enigmático, ele chama a atenção de Luce logo no seu primeiro dia de aula no internato. A mudança de escola foi difícil para a jovem, mas encontrar Daniel parece aliviar o peso das sombras que atormentam seu passado: um incêndio misterioso levou Luce até ali. Irremediavelmente atraída por Daniel, ela quer descobrir qual é o segredo que ele precisa tanto esconder... mesmo que isso a aproxime da morte.

 A capa: A capa me parece com uma versão do passado da Luce, e isso é sensacional e expressa bastante o enredo. Combina com o tema mais obscuro e ao mesmo tempo deixa tudo com a sensação adolescente-adulta da personagem, pra mim a capa é muito linda e transmite realmente o que o enredo passa ao leitor.

 O enredo: Fallen foi sensacional. Teve um pouquinho de tudo o que gosto: situações sobrenaturais, destino, e uma mexida básica com termos reais os tornando sobrenaturais da melhor forma possível como já disse lá no início do post.
E destino de novo! Sou apaixonada, quase maluca e alucinada por enredos com destino envolvido, e sim, na vida real também acredito no destino, assumo, e Fallen me deu um apertinho no coração logo no início com um trecho que já começava a introduzir o casal principal e o destino que os envolvia.
Toda a vez que o personagem Daniel (Que eu descrevi no título do post -q) falava com a Luce e sem querer deixava um ponto do passado que ela não se lembra a vista sair eu fazia uma careta com meu coração doendo e levantava as mãos enquanto fazia uns barulhos irritados. Sou uma pessoa estranha, aceitem isso.
Me doía ver os personagens com tanta atração, tanto carinho em um momento e no outro, pofht, Daniel se afastava pelo o que obviamente havia sido descrito no início do livro antes de realmente conhecermos Lucinda.
Porque estou revelando que o enredo é sobre anjos? Porque se tornou meio óbvio, pelo menos pra mim. Algumas insinuações durante aulas da Luce te deixam pensando sobre, e você acaba se tocando do assunto bem antes da personagem principal, realmente.

 – Eu faço todas essas coisas, – Daniel disse, inclinando-se até que suas testas se tocassem, – porque você é meu amor Lucinda. Para mim, você é tudo o que há.

A personagem principal parece um pouco dependente do nada no início, já que ela teve traumas em sua vida graças aos acontecimentos que mais tarde a levariam a seu destino, mas quando você passa um tempo com ela acaba entendendo a confusão e acaba ficando feliz com ela, porque diferente de quase todas as personagens principais existentes, ela não deixa um triângulo amoroso existir. No início Luce se sente atraída por dois rapazes, e acaba ficando confusa com isso porque ela tem a necessidade de se sentir amada e confortada, e como quem ela ama não oferece isso diretamente e o outro faz isso sempre, ela acaba ficando confusa, e sabe o que é mais legal? Essa é a confusão que gera um triângulo amoroso, mas Luce é a única personagem envolvida nisso que REALMENTE assume essa confusão em vez de inventar aquilo de amar os dois eternamente, pofht.
Isso é algo legal na personagem, que pouco antes do final do livro percebesse indevidamente apaixonada por Daniel, e deixa claro seu ponto impedindo o triângulo amoroso. Pelo menos no primeiro livro, temos isso, e esse fato me agradou porque eu não suporto mais livros e filmes, e séries com triângulo amoroso! Meus amores, parem de brincar com os sentimentos alheios e criem uma personagem que não seja bipolar. Obrigada, de nada.
Algumas coisas no livro não foram tão fortes, mas o tema mais sombrio estava ali sempre e a narração foi doce e deixou a personagem principal bem aberta aos leitores, assim podíamos sentir o que ela sentia. O fato dela ser vegetariana me irritou um pouco, nada contra vocês que não gostam de carne, mas tá virando clichê personagens femininas vegetarianas, mas isso é só mais uma reclamação pessoal minha, nada que afete o enredo. Só queria que as personagens fossem mais diferentes uma das outras, principalmente em livros sobre o sobrenatural.
Alguns que leem podem pensar que a personagem principal seja um pouco... Vamos dizer, obcecada e dependente de Daniel, mas ela é fraca nessa vida e não sabe nada de seu passado e de repente sente essa atração surreal pelo Daniel, que é motivada por vidas passadas e infinitamente forte por causa disso, a alma dela praticamente está a puxando pra ele para se sentir segura, então pra mim nesse ângulo faz muito sentido e o Daniel é muito cuidadoso com ela sempre a protegendo, nem sempre da melhor maneira. Fiquei com uma dorzinha no coração com os dois. <3
Há também outros personagens importantes, mas se começar a falar deles vou precisar dar spoilers para explicar, então não vou me prolongar.
Quatro borboletas Brilhantes - Opa, me gusta!
A nota final não foi perfeita porque alguns detalhes não foram assim tão bons, e a personagem principal não foi tão cativante, mas o enredo foi tão bom que acabou compensando e me fazendo gostar muito do livro.
O enredo foi sombrio e te deixa o tempo todo curiosa para saber mais sobre, e quando as teorias começam em sua mente, tudo se torna ainda mais divertido.
Você consegue entrar no livro e sentir as emoções da personagem, e mesmo que ela não seja muito forte de início e pareça um pouco mimada, Luce é agradável como personagem. E o enredo é simplesmente cativante.


– Eu sei, – ele disse, virando-se para encará-la. O assombramento em sua voz não o surpreendeu, ainda assim, ele não conseguia explicar a ela como ele sabia, ou dizer a ela quantas vezes ele tinha administrado essa mesma bebida para ela no passado quando as sombras chegavam, como ele tinha segurado-a até que ela caísse no sono.

Vocês estão vendo minhas lágrimas com essa parte ai de cima? Isso é no início do livro quando ainda nem conhecemos os personagens direito e quando li, meu coraçãozinho doeu, sério. 
Fallen com toda certeza é a um dos melhores livros que aborda o tema que já li e estou ansiosa pela continuação que espero ser tão boa quanto. 
----------------------------------------------------------------------------------------------------
E este foi um lindo post sobre eu me aventurando em mais uma nova saga que provavelmente irá me fazer sofrer com tantos outros livros, eww!!!
E ai, já conhecia Fallen? Não? Quer ler agora? Deixe sua opinião nos comentários!

xx
Stephy.

Nenhum comentário:

Postar um comentário